Presidente da Bolívia condena ataque dos EUA contra a Síria

Segundo Morales, acusação de que governo sírio fez uso de armas químicas é ‘desculpa parecida’ com as que foram dadas para justificar invasão no Iraque

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O presidente da Bolívia, Evo Morales, condenou nesta sexta-feira (13/04) o ataque em conjunto lançado pelos Estados Unidos, Reino Unido e França contra a Síria.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

“Em 2003, Bush inventou armas de destruição em massa inexistentes para justificar a invasão dos Estados Unidos ao Iraque. O que buscava era possuir petróleo. Agora, Trump repete a vil agressão imperialista contra o povo irmão da Síria, também para se apoderar dos recursos naturais de outro país”, afirmou Morales em seu Twitter.

“Junto com as nações irmãs da América Latina, exigimos que o império dos EUA pare o massacre de inocentes na Síria”, disse o presidente, que se encontra em Lima, no Peru, para a oitava edição da Cúpula das Américas. “Com a força da dignidade e a defesa da paz dos povos do mundo, condenamos veementemente o ataque de Trump ao povo da Síria”, afirmou.

EUA, França e Reino Unido lançaram ataques contra a Síria na noite desta sexta-feira em resposta ao suposto uso de armas químicas em um bombardeio que ocorreu no último sábado (07/04), na cidade de Duma. A Síria nega o uso de armas químicas, que são proibidas por convenções da ONU.

'Nunca disse quando um ataque à Síria ocorreria', afirma Trump

Na ONU, Síria promete resposta a eventual ataque de Estados Unidos, Grã-Bretanha ou França

Embaixador da Rússia nos EUA afirma que 'haverá consequências' para ataque contra a Síria

 

Foto: Jose Lirauze / ABI

Segundo Morales, acusação de que governo sírio fez uso de armas químicas é ‘desculpa parecida’ com as que foram dadas para justificar invasão no Iraque

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Mulheres começam a dirigir na Arábia Saudita

Abertura é reflexo de uma mobilização de quase três décadas em defesa dos direitos das mulheres sauditas; as primeiras campanhas pelo direito a dirigir ocorreram nos anos 1990