Movimentos sociais convocam manifestação na Argentina contra pedido de prisão de Lula

Protesto irá ocorrer às 17h em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires; ato foi organizado por sindicatos e organizações políticas

Redação

0

Todos os posts do autor

Organizações sociais, políticas e sindicais da Argentina marcaram para esta sexta-feira (06/04) uma manifestação em frente à embaixada do Brasil na cidade de Buenos Aires em protesto contra o pedido de prisão do ex-presidente Lula.

Segundo comunicado das organizações, a concentração irá começar às 17h em frente à embaixada brasileira, Rua Arroyo, 1130, bairro Retiro.

A Central de Trabalhadores da Argentina, a Corrente Classista e Combativa, os Libres del Sur, o Movimento Evita, Unidade Popular e Barrios de Pie são algumas da organizações que participarão do ato.

Fotos Públicas/Ricardo Stuckert

Protesto irá ocorrer às 17h em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires

A direção da Confederação Geral do Trabalho da Argentina repudiou a decisão do juiz Sergio Moro de emitir pedido de prisão de Lula. Em comunicado oficial, a organização rechaçou a “violação do direito a liberdade até que não haja sentença definitiva” e ainda classificou a realidade brasileira como “um verdadeiro golpe institucional”.

Após votação do HC de Lula no STF, a Central de Trabalhadores da Argentina emitiu uma nota dizendo que se destaca “a estratégia que a direita golpista vem desenvolvendo no Brasil”.

Comentários

Leia Também