PT repudia invasão da embaixada da Venezuela em Brasília

'Trata-se de grave violação da Convenção de Viena e das normas internacionais de convivência entre os países', afirma partido em nota

O Partido dos Trabalhadores (PT) repudiou nesta quarta-feira (13/11) a invasão da embaixada da Venezuela em Brasília e exigiu que o governo de Jair Bolsonaro desocupe o local.

Em nota, o partido classificou o episódio como uma "ação violenta de milicianos com a cumplicidade do Ministério das Relações Exteriores do Brasil".

"Trata-se de grave violação da Convenção de Viena e das normas internacionais de convivência entre os países", afirma o texto.

O PT ainda disse que a invasão na sede diplomática se caracteriza como uma "provocação irresponsável e perigosa", já que nesta quarta-feira a capital brasileira recebe os líderes dos países dos Brics.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI 


Reprodução/Twitter
Movimentos sociais pró-Venezuela em frente embaixada venezuelana em Brasília

Leia nota na íntegra:

O Partido dos Trabalhadores repudia energicamente a invasão da Embaixada da Venezuela em Brasília, numa ação violenta de milicianos com a cumplicidade do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

Trata-se de grave violação da Convenção de Viena e das normas internacionais de convivência entre os países. Exigimos do governo brasileiro a imediata desocupação da Embaixada e a garantia da vida e integridade dos funcionários venezuelanos e suas famílias que ali estão.

Este ato de vandalismo político e diplomático caracteriza uma provocação irresponsável e perigosa exatamente no dia em que Brasília recebe os chefes de estado e de governo dos países Brics que reconhecem a legitimidade do governo eleito da Venezuela.

Instamos a todos os partidos políticos democratas, as organizações da sociedade civil e movimentos sociais brasileiros a denunciar internacionalmente e pressionar o governo brasileiro a respeitar as normas internacionais.

Comissão Executiva Nacional PT

Comentários