'O estuprador é você': mulheres vão às ruas em todo o mundo protestar contra violência de gênero

Movimento começou no Chile, no Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher, e se espalhou pelo planeta; "Estado opressor é o macho violador", afirmam

A intervenção “um estuprador no seu caminho”, criada no Chile pelo coletivo feminista Las Tesis, se replicou pelo mundo e foi repetida em diversas cidades nesta sexta (29/11), em um protesto global contra a violência direcionada às mulheres.

O movimento começou em 25 de novembro, Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Um grupo de feministas chilenas realizou a intervenção na frente do palácio presidencial de La Moneda, e, rapidamente, se tornou viral.

Na sequência, outros coletivos, em distintas cidades do mundo, resolveram repetir a intervenção nesta sexta. Nas redes sociais, há registros de manifestações em Paris, Madri, Bogotá, Londres, Medellín (Colômbia) e em outros locais.

De olhos vendados, as mulheres cantam palavras de ordem, aludindo à ideia machista de que, se uma mulher é estuprada, a culpa seria dela – e não do homem. Além disso, afirmam, o "Estado opressor" é o "macho violador", apontando o caráter estrutural da violência.

“A culpa não era minha, nem onde estava, nem como me vestia. O estuprador é você”, diz o texto declamado. Assista:


Comentários

Leia Também