Charge do Latuff: Obama visita Cuba

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que irá a Cuba em março; será primeira viagem de um presidente dos EUA à ilha em 88 anos

O cartunista e ativista Carlos Latuff é colaborador de Opera Mundi. Seu trabalho, que já foi divulgado em diversos países, é conhecido por se dedicar a diversas causas políticas e sociais, tanto no Brasil quanto no exterior. Para encontrar outras charges do autor, clique aqui.

Obama anunciará medidas para facilitar turismo em Cuba antes de viajar à ilha, diz agência

Macri planeja viagem oficial a Cuba para retomar relações bilaterais, diz imprensa argentina

Às vésperas de visita de Obama a Cuba, EUA aliviam restrições a viagens de norte-americanos à ilha

 


Uma vez que você chegou até aqui...


…temos algo a sugerir. Cada vez mais gente lê Opera Mundi, mas a publicidade dos governos, com o golpe, foi praticamente zerada para a imprensa crítica, e a publicidade privada não tem sido igualmente fácil de conseguir, apesar de nossa audiência e credibilidade. Ao contrário dos sites da mídia hegemônica, nós não estamos usando barreiras que limitam a quantidade de matérias que podem ser lidas gratuitamente por mês. Queremos manter o jornalismo acessível a todos. Produzir um jornalismo crítico e independente custa caro e dá trabalho. Mas nós acreditamos que o esforço vale a pena, pois um jornalismo desse tipo é essencial num mundo que preza a democracia. E temos certeza de que você concorda com isso.


Torne-se um assinante solidário ou faça uma contribuição única.




(Este anúncio é diretamente inspirado numa solicitação feita pelo jornal britânico ‘The Guardian’. A imprensa independente de todo o mundo está buscando nesse tipo de apoio uma forma de existir e persistir.)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

Diálogos do Sul

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Ex-presidente da Coreia do Sul é presa

Park Geun-hye é acusada pelos crimes de suborno, abuso de autoridade e vazamento de documentos oficiais; tribunal expede mandado por risco de destruição de provas e gravidade das acusações

 

Mais Lidas