Palestina: Fatah e Hamas assinam acordo de reconciliação no Cairo

Documento foi assinado no edifício do Serviço de Inteligência Geral do Egito pelos representantes dos movimentos palestinos

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O grupo palestino Fatah e o movimento islâmico Hamas assinaram nesta quinta-feira (12/10) no Cairo acordo de reconciliação palestina e acabar com a divisão que separa ambas as partes desde 2007. O documento foi assinado no edifício do Serviço de Inteligência Geral do Egito pelos representantes dos movimentos palestinos.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O representante do Fatah, Azzam al Ahmad, e o líder do Hamas, Saleh al Arouri, anunciaram em coletiva de imprensa que o primeiro passo para esta reconciliação será reforçar o governo da Autoridade Nacional Palestina (ANP), que voltou à Faixa de Gaza no último dia 2 de outubro.

"As conversas se concentraram em impulsionar o governo de consenso nacional para que trabalhe com todas as suas competências tanto na Cisjordânia [governada pelo Fatah] como em Gaza [controlada pelo Hamas]", assegurou Arouri, após três dias de conversas entre ambas as partes na sede dos Serviços de Inteligência do Egito.

 

Israel decide remover detectores de metal do Monte do Templo

Israel anuncia que vai encerrar operações da emissora Al Jazeera no país

Israel bombardeia alvos militares em Gaza após lançamento de foguete

 

Além disso, destacou que os representandes do Hamas se mostram "firmes, sérios e honestos para acabar com a divisão e abrir a porta para chegar à reconciliação". Segundo ele, "não há outra opção a não ser continuar com a união do povo".

Na coletiva de imprensa, as duas partes disseram que adotaram uma postura "séria e disposta a fazer com que a reconciliação tenha sucesso" e capaz de "tudo para chegar à reconciliação com a meta de enfrentar o projeto sionista e dar esperanças ao povo".

Agência Efe

Acordo coloca fim em divisão do Estado palestino que dura 10 anos

Em 10 de outubro de 2017, os movimentos rivais palestinos Fatah e Hamas deram início a uma nova ronda de conversações para reconciliação, mediada por autoridades do Egito e dedicada ao funcionamento do governo da unidade nacional da Palestina na Faixa de Gaza.

*Com informações da EFE e SPUTNIK.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Mulheres começam a dirigir na Arábia Saudita

Abertura é reflexo de uma mobilização de quase três décadas em defesa dos direitos das mulheres sauditas; as primeiras campanhas pelo direito a dirigir ocorreram nos anos 1990