Número de turistas que visitaram Cuba em 2017 chega a 4 mi

Segundo informações do Ministério do Turismo, número foi alcançado com 54 dias de antecedência se comparado ao ano passado; alta temporada começa neste mês

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Cuba atingiu nesta segunda-feira (06/11) a marca de 4 milhões de visitas internacionais. Os dados, do Ministério do Turismo do país, mostram que a cifra foi alcançada quase dois meses antes do dia em que, em 2016, a marca foi registrada. 


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O dado é ainda mais significativo se for considerado que o país sofreu com a passagem do furacão Irma, que em setembro deste ano deixou mortos na capital e causou inúmeros danos elétricos na região.

De lá para cá o governo cubano, realizou um intenso trabalho de recuperação das áreas afetadas, possibilitando a abertura de diversos pontos turísticos da região, que voltaram a operar normalmente, segundo enfatizou a nota do Ministério do Turismo. 

Flickr CC/neiljs

Número foi alcançado com 54 dias de antecedência se comparado com ano passado

É possível ter havido um 'ataque sônico' contra a embaixada dos EUA em Cuba? Cientistas duvidam

China e Cuba assinam cinco novos acordos econômicos para estreitar relação entre os países

Bloqueio dos EUA a Cuba é 'genocídio', diz encarregado de negócios da ilha no Brasil

 

Neste ritmo, a ilha terá recebido 4,7 milhões de turistas até o final do ano, num crescimento de 16,5% em relação a 2016. No ano passado, pela primeira vez, o país recebeu mais de 4 milhões de viajantes, e a meta para 2018 é elevar este número para 5 milhões.

Além disso, o total de viajantes a turismo que saíram dos Estados Unidos em direção a Cuba aumentou 150% no primeiro semestre de 2017. Este crescimento é creditado às políticas de reaproximação de Washington com Havana, impulsionadas pelo então presidente norte-americano Barack Obama.

Segundo o ministro cubano do setor, Manuel Marrero, não foi apenas o crescimento do turismo norte-americano que influenciou nos números. Para ele, a criação de novas rotas para Cuba (como a proveniente da Turquia) e o surgimento de novas frequências para Havana (em especial, das companhias Air Europa e Air France) também foram responsáveis pelo crescimento. Os países que mais mandam turistas a Cuba são Espanha, França, Itália e Alemanha, além do Canadá, que lidera a lista. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

'Fatos alternativos' é a 'despalavra' de 2017

Termo estimula substituição de argumentos factuais por afirmações não comprovadas para manipular debate público, diz júri; iniciativa quer chamar atenção para palavras que ferem dignidade humana ou democracia

 

Sob a fumaça, a dependência

Não são apenas os fumantes que estão atrelados a um hábito do qual é difícil se livrar; o Brasil, líder global na exportação de tabaco, oculta sob os dados econômicos um quadro social de efeitos devastadores

 

Cientistas descobrem o que dizimou astecas

Após cinco séculos de mistério, equipe internacional de pesquisadores detecta bactéria, levada por europeus, que teria sido responsável pela morte de 15 milhões de pessoas em apenas cinco anos