União Europeia remove definitivamente FARC de lista de organizações terroristas

Decisão de eliminar em definitivo a hoje Força Alternativa Revolucionária do Comum da lista já havia sido tomada pelos membros do bloco e foi ratificada na reunião desta segunda em Bruxelas

A União Europeia decidiu nesta segunda-feira (13/11) remover, em definitivo, as FARC (antiga Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia e, hoje, Força Alternativa Revolucionária do Comum) da sua lista de organizações terroristas. Em setembro do ano passado, a UE já havia retirado temporariamente o grupo da relação.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Segundo a Agência Efe, a decisão de eliminar em definitivo as FARC da lista já havia sido tomada pelos membros do bloco e foi somente na reunião desta segunda em Bruxelas. O grupo havia sido incluído na relação em setembro de 2001.

No sábado (11/11), o eurodeputado espanhol Ramón Jáuregui, em entrevista à rádio colombiana Caracol, disse que a comunidade europeia via com satisfação o processo de paz no país. “Há uma disposição para que a implementação deste processo avance”, afirmou.

Empresários britânicos pedem período de transição para se ajustarem ao Brexit

Ex-líder das Farc será candidato à presidência da Colômbia

Acordo comercial entre Mercosul e UE deve ser concluído neste ano, diz ministro das Relações Exteriores

 

Por sua vez, o Alto Comissário pela Paz na Colômbia, Rodrigo Rivera, descreveu o anúncio da retirada definitiva como “uma notícia positiva que corresponde à verificação in loco que a comunidade internacional tem feito”.

A suspensão permite a retirada das sanções ligadas à presença na lista. Entre elas, estão o congelamento de recursos e a proibição da disponibilização de fundos ao grupo.

União Europeia

UE retirou definitivamente as FARC da lista de organizações terroristas

(*) Com Prensa Latina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Inspirada pela Revolução Russa, a Alameda Casa Editorial fez uma seleção de 100 livros com desconto de 20% e frete grátis. São livros que tratam da sociedade capitalista, do mercado de trabalho, do racismo, do pensamento marxista, das grandes depressões econômicas, enfim: do pensamento social que, direta ou indiretamente, foi influenciado pela revolução dos trabalhadores de 1917. Aproveite.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Mugabe reaparece em público após intervenção militar

Oficialmente em prisão domiciliar, presidente do Zimbábue é visto em público pela primeira vez desde que Forças Armadas assumiram o controle do país; sua saída do poder, após quase quatro décadas, ainda é incerta.