Melania Trump vai à fronteira com México usando casaco com inscrição 'não me importo'

Segundo a porta-voz da primeira-dama, Stephanie Grisham, a peça não simboliza nada e afirmou que 'é um casaco, não havia nenhuma mensagem oculta'

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

No momento de embarcar no avião que a levou nesta quinta-feira (21/06) até a fronteira com o México, a primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, usou um casaco com a inscrição em inglês “Eu realmente não importo. Você se importa?”.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Melania viajou para visitar um dos centros que abrigam crianças que goram separadas dos pais na fronteira, conversou com os funcionários do governo norte-americano que trabalham no local e perguntou como poderia ajudar na reunião dos familiares.

Reprodução

Segundo a porta-voz da primeira-dama, Stephanie Grisham, a peça não simboliza nada e afirmou que 'é um casaco'

Parlamento da Hungria aprova lei que criminaliza auxílio a imigrantes

Comunidade internacional condena saída dos EUA do Conselho de Direitos Humanos da ONU; veja repercussão

Trump assina ordem executiva que impede a separação de famílias

 

Verso do casaco usado por Melania (Foto: Zara)Segundo a porta-voz da primeira-dama, Stephanie Grisham, a peça não simboliza nada e afirmou que “é um casaco. Não havia nenhuma mensagem oculta. Após a importante visita de hoje ao Texas, espero que a imprensa não escolha focar isso”.

De acordo com o jornal Daily Mail, o casaco usado pela primeira-dama é da marca espanhola Zara.

Seperação de famílias

Nesta semana, a divulgação de um áudio de crianças que choram desesperadas, em espanhol, pelos seus pais aumentou a indignação nos Estados Unidos com a política imigratória de “tolerância zero” do presidente Donald Trump, a qual tem separado milhares de menores de idade de seus familiares.

Em oito minutos de áudio, é possível ouvir outras crianças chorando e um agente de custódia fazendo um comentário sarcástico: "Aqui temos uma orquestra, mas falta um maestro".

O Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos exigiu que os Estados Unidos deixem de separar pais e filhos imigrantes na fronteira com México, classificando o ato de “inadmissível.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias