Pré-candidato republicano fala para gays votarem em Obama

Gingrich já havia dito que casamento entre pessoas do mesmo sexo era uma aberração

O candidato ultraconservador republicano Newt Gingrich descartou o apoio da comunidade gay e lésbica do estado de Iowa, local onde será realizada a primeira etapa das eleições primárias de seu partido. O ex-presidente da Câmara dos Deputados no fim do governo Bill Clinton (1993-2001) discursava em um café na cidade de Oskaloosa quando foi abordado por um professor universitário sobre suas propostas para os homossexuais. As informações são do site do Huffington Post.

“Perguntei a ele, caso fosse eleito, como ele pretende agir com os gays americanos. E como poderíamos apóia-lo. Então ele me disse para apoiar Obama”, disse Scott Arnold, professor de letras na Universidade Willian Penn. Eleitor democrata, Arnold disse que foi ao discurso de Gingrich com a mente aberta, e gostaria de saber dele como o republicano iria representá-lo após fazer comentários duros sobre a homossexualidade no passado.

Gingrich, que tem uma meia-irmã lésbica, já havia dito em Iowa que o casamento de pessoas do mesmo sexo é uma “aberração”. “Casamento é entre homem e mulher. Sempre foi assim em nossa história e essa condição atual é uma aberração que será rapidamente dissipada. Vai fundamentalmente contra tudo o que conhecemos”, disse ele no fim de setembro. Ele chegou a se comprometer a apoiar uma emenda constitucional para proibir esse tipo de união.

Efe
O pré-candidato pelo Partido Republicano Newt Gingrich

Na ocasião, o grupo ativista One Iowa classificou as afirmações do pré-candidato como ofensivas e desrespeitosas. “As declarações de Gingrich estão fora de tom e não acho que ele seja a pessoa certa para dar lições às pessoas de nosso estado nem a ninguém sobre casamentos sólidos e afetivos”, disse Troy Price, um dos líderes do movimento.

O pré-candidato encontra-se atualmente em seu terceiro casamento. Ele admite que suas  duas separações anteriores ocorreram após ele ter cometido adultérios.

As primárias republicanas definirão o adversário de Barack Obama na corrida presidencial dos EUA. Após a desistência do empresário Herman Cain no início de dezembro, Gingrich assumiu a preferência nas pesquisas de opinião, mas na última semana perdeu terreno para o médico Ron Paul e o ex-governador de Massachussets Mitt Romney. Iowa será o primeiro estado a realizar a votação, no dia 3 de janeiro, em um domingo. Uma semana depois, será a vez de New Hampshire.

Foto:

Pesquisa revela Mitt Romney como republicano mais indicado para disputa com Obama

Mídia pró-republicana nos EUA se une contra ultraconservador Newt Gingrich

Nova revista traz dossiê sobre a crise nos Estados Unidos

 

Leia Mais

PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Protesto anti-Trump acaba em confronto no Líbano

Violência segue intensa no Oriente Médio após decisão americana de reconhecer Jerusalém. Policiais reprimem manifestação perto da embaixada americana em Beirute e, na cidade disputada, oficial israelense é esfaqueado