Mais da metade dos alemães vê democracia sob ameaça

Quase metade aponta a extrema direita como maior perigo à democracia; para eleitores da AfD, são os migrantes

Redação

Deutsche Welle Deutsche Welle

Bonn (Alemanha)

Mais da metade dos alemães acredita que a democracia está em perigo no país, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (12/09) pelo instituto YouGov. A ascensão da extrema direita é a principal causa dessas preocupações.

Dos entrevistados, 53% concordam que a democracia está sob ameaça na Alemanha. Para 79%, a democracia é a melhor forma de governo, embora apenas 54% considerem satisfatório o atual regime democrático no país. A ideia geral de democracia é vista por 83% dos alemães como algo positivo. Entretanto, um em cada dez cidadãos a vê negativamente.

Os extremistas de direita encabeçam a lista de principais ameaças à democracia, tendo sido apontados por 47% dos entrevistados como causa de preocupação. Os populistas de direita e os migrantes aparecem empatados em segundo lugar, com 27% cada.

Do outro lado do espectro político, o extremismo de esquerda foi apontado por 22% dos participantes, mesmo percentual dos que veem os Estados Unidos como um perigo ao sistema democrático alemão. Os entrevistados puderam selecionar até três ameaças a partir de uma lista.

Cerca de dois terços dos alemães (65%) acreditam que há pouca participação da população no processo democrático. Um terço (34%) sente que seu voto tem pouco efeito.

Wikicommons
Extremistas de direita encabeçam a lista de principais ameaças à democracia, tendo sido apontados por 47% dos entrevistados

Entre os partidos políticos, são os apoiadores do partido populista de direita Alternativa para a Alemanha (AfD) os que mais temem pela democracia: 79% desse grupo disseram que o sistema democrático está ameaçado.

Cada grupo de eleitores percebe ameaças diferentes: para os apoiadores da AfD, migrantes (54%), o governo federal (37%) e extremistas de esquerda (33%) são os maiores perigos.

Para os eleitores do Partido Verde, por outro lado, cuja popularidade vem aumentando com a maior conscientização ambiental entre os jovens, as principais ameaças são justamente os extremistas de direita (66%), os populistas de direita (49%) e os Estados Unidos (21%).

O YouGov entrevistou 2.020 pessoas entre 22 de agosto e 1º de setembro e divulgou os resultados pouco antes do Dia da Internacional da Democracia, celebrado no dia 15 deste mês.

Comentários