'El Gallego' Fernández, um dos heróis da Revolução Cubana, morre aos 95 anos

José Ramón Fernández Alvarez foi militar e comandou as tropas cubanas durante a invasão da Baía dos Porcos; também ocupou cargos no governo como conselheiro de Fidel Castro e ministro da Educação

Redação

José Ramón Fernández Alvarez, um dos heróis da Revolução Cubana conhecido como "El Gallego" Fernández, morreu neste domingo (06/01) aos 95 anos em Cuba. O militar comandou as forças cubanas, sob a liderança de Fidel Castro, no episódio da Baía dos Porcos, repelindo uma invasão apoiada pelos Estados Unidos.

Fernández faleceu nas primeiras horas da manhã, informou a mídia estatal cubana. A causa da morte não foi divulgada. Ele teria estado em más condições de saúde nos últimos anos e foi hospitalizado há vários meses.

"El Gallego" Fernández será cremado de acordo com seu próprio testamento e, posteriormente, os funerais serão realizados, disse o jornal oficial Granma.

Fernández se juntou aos militares cubanos na década de 1940 e recebeu treinamento nos EUA. Passou a integrar a oposição à ditadura de Fulgencio Batista nos anos 1950, mas foi capturado e preso em 1956, onde permaneceu até a Revolução Cubana triunfar em 1959.

"El Gallego" foi uma das figuras fundamentais na recuperação de Playa Girón, em 1961, após um desembarque de cubanos anti-Castro com apoio e treinamento dos Estados Unidos. O triunfo dos rebeldes consolidou a revolução.

Fernández foi logo encarregado de treinar a milícia civil do país devido ao seu passado militar. Foi nomeado comandante em 1961 e general da brigada da reserva em 1966.

Além da carreira militar, Fernández ocupou cargos no governo e no Partido Comunista, como conselheiro do presidente Fidel Castro, ministro da Educação e presidente do Comitê Olímpico.

*Com Sputnik

Reprodução
"El Gallego" Fernández foi um dos heróis da Revolução Cubana

Comentários