Líder de golpe de Estado no Mali foi treinado pelos EUA

Sanogo participou de um programa de treinamento financiada pelo Departamento de Estado norte-americano

O capitão Amadou Sanogo, líder do golpe de Estado perpetrado essa semana no Mali contra o presidente Amadou Toumai Touré, recebeu treinamento nos Estados Unidos "em diversas ocasiões", incluindo aulas báscias sobre comando de soldados, de acordo com um oficial do Departamento de Defesa norte-americano, em entrevista ao The Washington Post.

Concretamente, Sanogo participou do Programa Internacional de Educação e Treinamento Militar, uma iniciativa financiada pelo Departamento de Estado para militares estrangeiros selecionados por membros de embaixadas norte-americanas ao redor do mundo, conforme informou o oficial Patrick Barnes, integrante do AFRICOM (Comando dos Estados Unidos para África), que não deu mais detalhes.

O AFRICOM planejava para o mês passado uma simulação militar em grande escala no Mali, cancelado pelo perigo representado pelos insurgentes tuaregs  no Norte do país, que se aproveitaram do golpe para avançar suas posições.

Sanogo, presidente do recém criado CNRDE (Comitê Nacional para a Restauração da Democracia e do Estado), se reuniu com várias personalidades da sociedade civil horas depois do anúncio do golpe pela mídia local.

Um dos primeiros partidos políticos a expressar apoio ao novo regime foi o SADI (Solidaridade Africana para a Democracia e a Independência (SADI), cujo líder, Oumar Mariko (candidato à Presidência que sofreu uma tentativa de assassinato), confirmou a adesão.

Os golpistas -- todos são jovens oficiais -- não não muito conhecidos no Mali e não ocupavam postos importantes no comando militar. "Não queremos nos eternizar. Atuamos para salvar o país e prometemos ao povo malinês que restituiremos no poder um Governo eleito" disse na sexta-feira (23/03) à Agência Efe o capitão Sanogo.

#Kony2012: Os problemas de Uganda são outros

Militares do Mali dizem ter tomado poder e fechado fronteiras

Chefe dos militares de Mali diz que não quer se eternizar no poder

 

Leia Mais

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

O livro que você quer!

O livro que você quer!

A Editora Alameda selecionou 31 títulos especialmente para você, leitor de Opera Mundi. Alguns destaques: Vila Buarque, o caldo da regressão, de Marcos Gama; Autoritarismo e golpes na América Latina, de Pedro Estevam Serrano; Machado de Assis - a Poesia Completa; A formação do mercado de trabalho no Brasil, de Alexandre de Freitas Barbosa; Nós que amamos a revolução, de Américo Antunes; Jorge Amado na Hora da Guerra, de Benedito Veiga; Da Pizza ao Impeachment, de Roberto Grün; Tsimane, de Aline Vieira, e Casa da Vovó, de Marcelo Godoy. A lista é incrível, aproveite. Tem alguns descontos convidativos e o frete é grátis para todo o Brasil.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias