Em carta, Hugo Chávez elogia Cuba e enaltece importância da Celac

Documento foi lido nesta segunda-feira pelo vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em reunião na capital chilena


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, enviou uma carta lida nesta segunda-feira (28/01) aos chefes de Estado presentes em cúpula da Celac (Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos), em Santiago, no Chile. Chávez está em Havana, Cuba, onde se recupera da quarta operação contra um câncer na região pélvica e, como idealizador do bloco, foi a principal ausência do evento.

Agência Efe (28/01/13)

O vice venezuelano, Nicolás Maduro, lê a carta de Hugo Chávez na reunião da cúpula da Celac 

Na mensagem, lida pelo vice-presidente Nicolás Maduro no início da sessão plenária, o presidente venezuelano afirmou que a Celac é o projeto de integração regional mais importante da história contemporânea da região. “A Celac é o projeto de união política, econômica, cultural e social mais importante de nossa história contemporânea. Podemos nos sentir orgulhosos: a ‘Nação das Repúblicas’, como era chamada por Simón Bolívar, começou a se tornar uma feliz realidade”.

Também na carta, assinada com tinta vermelha (foto abaixo), Chávez fez elogios a Cuba e destaca que, apesar dos mais de 50 anos de bloqueio impostos ao país pelos Estados Unidos, “a intenção de isolar a maior de todas as Antilhas fracassou”. Ele também celebrou o fato de Cuba ter recebido a Presidência pró-tempore da entidade, em razão dos “anos de resistência”. A próxima reunião da entidade será em Havana, em 2015.
 

Foto:

Encontro de chanceleres da Celac-UE tem investimentos como tema central

Embaixada de Cuba comemora 160 anos de nascimento de herói da independência

Chávez está em "melhor momento" após cirurgia, diz vice

 

Palácio Miraflores/Agência Efe
“Quis o azar e assim ficará na história que precisamente no dia de hoje, 28 de janeiro, quando Cuba assume a Presidência da Celac, coincida o aniversário de 160 anos de nascimento do apóstolo da independência cubana e um dos maiores bolivarianos de todos os tempos, José Martí”, leu Maduro.

Além de Cuba, Chávez também abordou o que considera um processo de “militarização progressiva das Ilhas Malvinas”. “A justiça (internacional) está toda do lado de Cuba e Argentina. Se somos uma Nação de repúblicas, nossa soberania é de toda a ‘Grande Pátria’, e devemos fazê-la ser cumprida”.

O presidente venezuelano também pediu aos membros do bloco urgência em fazer cumprir os planos de alfabetização e erradicação da fome incluídos no Plano de Ação de Caracas.

“Através da Celac, nós poderemos sustentar o crescimento econômico com um forte investimento social, acordado em uma agenda comum para a igualdade e para o reconhecimento ao direito universal que tem cada um de nossos cidadãos, sem exclusão, para receber saúde e educação gratuitas”.
 

Leia Mais

PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Este livro traz de volta, depois de anos esgotado, o texto "Breve Histórico do Feminismo no Brasil", da pesquisadora e militante Maria Amélia de Almeida Teles. E acrescenta seis ensaios da autora, que tratam de temas como o aborto, a luta pela creche, a violação dos direitos humanos das mulheres durante a ditadura militar, a repressão contra as crianças no período e ainda o feminicídio.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Meu primeiro festival pornô

No PopPorn, festival de pornografia alternativa que acontece todos os anos em São Paulo desde 2010, repórter aprende sobre shibari e BSDM, acompanha performances sexuais e aprende como fazer seu próprio pornô