Governo Bolsonaro remove do posto embaixador brasileiro em Washington

Em portaria publicada no Diário Oficial, chanceler Ernesto Araújo ordenou que Sergio Amaral retorne para São Paulo

O embaixador do Brasil em Washington, nos EUA, Sergio Amaral, foi removido do posto nesta quarta-feira (10/04) pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Em portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta, o chanceler ordenou que o embaixador deixe o cargo e retorne "para o Escritório de Representação em São Paulo".

Sergio Silva do Amaral ocupa o posto de embaixador do Brasil nos EUA desde 2016 e recepcionou o presidente Jair Bolsonaro em sua visita a Washington. Amaral também foi porta-voz do governo Fernando Henrique Cardoso entre 1995 e 1999 e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior entre 2001 e 2002. 

O governo Bolsonaro havia anunciado que trocaria cerca de 15 embaixadores para "melhorar a imagem" no exterior. O nome do novo representante brasileiro nos EUA, considerado o posto mais importante da diplomacia brasileira, ainda não foi divulgado.

Wikicommons
Em portaria publicada no Diário Oficial, o chanceler Ernesto Araújo ordenou que Amaral retorne para São Paulo

Comentários

Leia Também