Senado dos EUA aprova segundo mandato para presidente do Fed

Senado dos EUA aprova segundo mandato para presidente do Fed

Agência Efe

O Senado dos Estados Unidos aprovou hoje (28) um segundo mandato para Ben Bernanke à frente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) por mais quatro anos. A votação aconteceu minutos depois que os senadores decidiram pôr fim ao debate acalorado sobre a gestão de Bernanke, que recebeu o voto de confiança de 70 parlamentares e foi rejeitado por outros 30.

Eleito pela revista Time como a "Pessoa do Ano" em 2009, o presidente do Fed é apontado como grande responsável por salvar o sistema financeiro dos EUA do colapso.

Por outro lado, o economista de 56 anos também foi um dos que defendeu o resgate aos bancos do país, uma medida bastante impopular entre os cidadãos comuns.

EFE (25/1/2010)

Ben Bernanke cumprimenta um senador democrata, dias antes de sua reeleição


O mal-estar da população não passou em branco na câmara alta do Congresso, já que vários senadores vão tentar a reeleição em novembro deste ano. Alguns pré-candidatos, como o republicano John McCain, pediram que Bernanke se responsabilize por "muitas das decisões" que contribuíram para a crise financeira no país.

O atual mandato de Bernanke termina em 31 de janeiro. Caso seja confirmado no cargo, o economista terá que decidir quando e de que forma suspenderá as medidas de emergência implementadas pelo Fed para impulsionar a recuperação econômica.

O Federal Reserve também terá de definir quando porá fim à política de juros a quase zero, com a qual tentou estimular a economia.

Comentários

Leia Também