Aula Pública Opera Mundi - O petróleo continuará a ser a principal fonte de energia do mundo?

No segundo programa da série, Leonam Guimarães afirma: "escassez energética não significa falta de gasolina, significa falta de comida na mesa"

Opera Mundi TV e TV Unesp lançam o segundo programa da série "Aula Pública". Na edição desta quinta-feira (14/11), Leonam Guimarães, cientista naval e especialista em energia, responde a pergunta: "o petróleo continuará a principal fonte de energia do mundo?"

Assista à primeira "Aula Pública Opera Mundi": "Esquerda e direita: que saída elas oferecem para crise?”

"Escassez de petróleo não significa falta de gasolina na bomba. Ela significa falta de comida na mesa", afirma Leonam. "A idade da pedra não acabou porque faltava pedra. E o mesmo vai acontecer com o petróleo, que irá acabar, não pela falta, mas por novas alternativas", reitera.

Assista ao primero bloco:



No segundo bloco, Leonam Guimarães responde a pergunta da correspondente de Opera Mundi em Tel Aviv, Israel, Guila Flint



No terceiro bloco, Leonam responde a pergunta do público da PUC-SP, onde programa foi gravado em outubro

Times franceses entram em greve contra imposto para empresas milionárias

Governo dos EUA defende ataques militares com aviões não tripulados

Imersa em crise sem precedentes, União Europeia completa 20 anos de existência

 

Leia Mais



Uma vez que você chegou até aqui...


…temos algo a sugerir. Cada vez mais gente lê Opera Mundi, mas a publicidade dos governos, com o golpe, foi praticamente zerada para a imprensa crítica, e a publicidade privada não tem sido igualmente fácil de conseguir, apesar de nossa audiência e credibilidade. Ao contrário dos sites da mídia hegemônica, nós não estamos usando barreiras que limitam a quantidade de matérias que podem ser lidas gratuitamente por mês. Queremos manter o jornalismo acessível a todos. Produzir um jornalismo crítico e independente custa caro e dá trabalho. Mas nós acreditamos que o esforço vale a pena, pois um jornalismo desse tipo é essencial num mundo que preza a democracia. E temos certeza de que você concorda com isso.


Torne-se um assinante solidário ou faça uma contribuição única.




(Este anúncio é diretamente inspirado numa solicitação feita pelo jornal britânico ‘The Guardian’. A imprensa independente de todo o mundo está buscando nesse tipo de apoio uma forma de existir e persistir.)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

Diálogos do Sul

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Mais Lidas